03/01/2013

+ de 10 ideias para fazer em família

[que custam pouco ou mesmo nada]
 
[imagem retirada da net]
 
 
No último post do ano passado, falei-vos que gostaria de passar mais tempo em família (sobretudo a quatro), o que significa que há que arranjar programas simples, divertidos e, se possível, a baixo custo.
 
Fiz uma pequena lista para me guiar (inicialmente a ideia era ter 10 items, mas à medida que fui fazendo foram surgindo mais) e que agora partilho convosco.
 
1 - Visitar o Aquário Vasco da Gama - é relativamente perto de nós, tem jardins na zona e é um programa que os miúdos vão adorar. O bilhete para adultos custa 4,00 euros, mas em compensação menores de 6 anos não pagam e entre os 6 e os 17 anos pagam apenas metade e está aberto todos os dias.
 
2 - Ir ao parque infantil - é uma actividade a custo zero e estando bom tempo é excelente para os miúdos gastarem as energias.
 
3 - Ir a uma esplanada junto á praia - no nosso caso, estamos a cerca de 20 minutos da praia, pelo que sabe sempre bem abrandar o ritmo e apreciar a paisagem. Aqui há que incluir o custo da deslocação e o de um café/sumo...
 
4 - Ver um filme e comer pipocas em casa - em dias de chuva ou de preguicite, não há nada melhor do que estarmos enroscados no sofá a ver um filme (nós temos muitos para ver no disco externo) com um balde de pipocas (daquelas do microondas).
 
5 - Visitar a Biblioteca Municipal - esta é uma actividade que se pode tornar em duas. Podem ir à biblioteca apenas para ir buscar algum livro e usufruir um pouco do espaço infantil, o que é sempre uma aventura, ou ver com antecendencia as actividades que o sector infantil oferece e marcar (geralmente carecem de inscrição prévia). Mais uma ideia a custo zero!
 
6 - Visitar um museu -  são tantos espalhados pelo País e quase todos com entrada gratuita aos Domingos e Feriados até às 14h (ainda assim os menores de 14 anos também não pagam). Um dos que está na minha lista é o Museu da Electricidade, em Belém (a entrada é gratuita), acho que nunca o visitei e parece-me uma boa desculpa para lá ir.
 
7 - Passar uma manhã ou tarde na Quinta Pedagógica dos Olivais - já lá estivemos com o mais velho e até já tinhamos deixado por aqui a sugestão. É muito giro, não se paga nada e tem espaço envolvente para estacionamento.
 
8 - Passear pelo pontão de Oeiras (passeio marítimo) - os miúdos estão à vontade para correr, andar de bicicleta, de patins o que se quiser. O passeio é agradável, junto ao mar como eu gosto, com sitio para tomar um café ou comer um gelado (de inverno há castanhas assadas), com parque infantil...Para quem vive em outros locais, julgo que haverá algo similar (junto ao mar ou não).
 
9 - Passear pelo Parque das Nações - quase que subscrevo o que está no ponto 8. Este destino fica um pouco mais longe de nós e normalmente temos de pagar o estacionamento, mas é igualmente simples, bom para esticar as pernas e mudar de ares.
 
10 - Ir ver os cavalos - não deixo link, pois é algo que fazemos de vez em quando e o local fica perto da nossa casa. É um centro de equitação, aberto ao público e com um cafézinho simpático. É possivel assistir às aulas, ver os cavalos de perto e até fazer festinhas (com autorização e perto dos tratadores, claro). O mais velho adora!
 
11 - Ir ao Jardim de Belém - é só levar uma manta e uma bola e o divertimento é garantido. No entanto, esta é uma actividade que se pode multiplicar em várias!, a zona envolvente inclui o famoso Museu dos Coches, o de Arqueologia e o da Marinha, o Planetário, o Padrão dos Descobrimentos...é uma zona tipicamente vocacionada para o turismo. Para mim o perigo de lá ir, são mesmo os Pastéis de Belém.
 
12 - Ir ao Parque Marechal Carmona em Cascais - é um excelente parque, enorme para correr e jogar á bola, para estender a manta, com vários parques infantis, com lagos de patinhos, café...o estacionamento gratuito não é fácil de encontrar, pelo que optamos quase sempre por estacionar no parque a pagar mesmo ao lado (pelo menos não andamos às voltas com o carro). Com bom tempo e energia ainda se consegue visitar a zona da Marina, do Forte ou mesmo da Vila.
 
13 - Ir ao Parque dos Poetas - mais um jardim, com parque infantil, zona de merendas e sitio para passear e explorar. É o local perfeito para um lanche (trazido de casa) com amigos que também tenham filhos (a zona das merendas fica ao lado do parque infantil). Não esquecer de levar moedinhas (pois o WC é daqueles que se põe a moeda).
 
14 - Actividades do roteiro das Estrelas & Ouriços - visitem mensalmente o roteiro e planeiem as actividades com os vossos miúdos. Há sempre actividades gratuitas ou com desconto. Ideias não vão faltar com certeza!
 
 
E pronto, entre jardins, museus, parques, bilbiotecas e afins, são estas as sugestões que vos deixamos, para alegrar os fins-de-semana e, que também nós iremos seguir (haja bom tempo e saúde claro)!
 

7 comments:

Monica Ferreira disse...

No Parque das Nações não precisa pagar estacionamento. Basta estacionar mais para a Zona Norte, após a FIL e aproveita o melhor dos jardins do Parque Tejo com muito mais espaço do que a zona em frente ao Centro Comercial Vasco da Gama. Esta zona é também ótima para piqueniques.

Anónimo disse...

No Parque das Nações não precisa pagar estacionamento. Basta estacionar na zona Norte após a FIL. Aí aproveita também muito mais os jardins do Parque Tejo com muito menos gente e possibilidade de fazer o que sugere para os jardins de Belém.

Tostão disse...

Mónica, nunca nos lembramos de por o carro "tão longe", é que com carrinho de bébé acabamos por ficar mais "comodistas", mas para a proxima iremos experimentar a sua sugestão. Obrigada!

Copeira disse...

Veio meio a calhar este post, um dos meus objetivos para 2013 é mais programas em familia, por isso obrigada por partilhares as tuas ideias....eu também irei deixar dicas no meu blog.
;)

Anónimo disse...

Olá Tostão,
Deixando o carro na Gare do Oriente é muuuuuuito mais barato do que deixar no estacionamento do centro Comercial Vasco da Gama. E só fica um bocadinho mais longe e, o acesso para carrinho de bébé também é fácil pois não apanha chuva, mas aconselho a estacionar no Piso -1.
Bjs,
Teresa C.

Tostão disse...

Teresa C., nós nunca estacionamos no Vasco da Gama, normalmente estaciono no parque do Casino ou na rua quando há lugar. bjns

Paulartes disse...

Boa tarde,
Pode-me informar qual o centro hipico que está aberto ao público que refere no post? É que eu adoro cavalos. Obrigada

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Blog Template by BloggerCandy.com