02/01/2013

Para 2013: mais uma decisão difícil

[imagem retirada da net]


Em Novembro do ano passado decidimos rescindir os serviços com a Zon (supostamente vão desligar os serviços e levantar os equipamentos esta noite).

Também por essa altura, a prever um 2013 mais complicado e, fazendo contas à vida, decidimos desistir da senhora que vem à nossa casa de 15 em 15 dias (além da preciosa ajuda, esta foi uma decisão dificil pois já a consideramos parte da família).
 
Contas feitas, estávamos a pensar poupar cerca de mil e cem euros anualmente, só nestas duas coisas, mas como a vida está sempre a testar-nos, esse valor vai ter de ser usado para pagar uma despesa de saúde do mais velho (não é nada de grave mas que vai necessitar de acompanhamento).

Até parece que estávamos a adivinhar!


2013 ainda agora está a começar, vamos ver o que nos reservará mais...
 
 

7 comments:

Nessie disse...

Eu sou cliente Cabovisão, e renegociei o contrato para poupar cerca de €10/mês. Aqui para ficar sem net ia ser uma chatice, e o meu prédio não está preparado para o tdt (como todos têm serviço pago, o condomínio não quis gastar dinheiro a pôr a antena colectiva como deve ser...) e antena na varanda ou fachada do prédio não deixam...

por isso, vou mesmo ter que ficar com o serviço, mas admiro a vossa decisão!

Quanto ao mais velho, espero que não seja nada de grave, e que corra tudo bem!

Beijinhos*

Elsa disse...

Olá, desejo que tudo corra bem e que daqui para a frente só venham surpresas boas.
Beijocas

Tostão disse...

Nessie, realmente nao tens outra opção. Do mais velho não é nada grave, felizmente. Obrigada!

Elsa, muito obrigada pelos votos!!! agradeço e retribuo!

Anónimo disse...

Olá, sou a ines, super fã do seu blog, todos os dias aqui venho, para ver novas novidades sobre poupanças. as suas dicas tem me ajudado bastante, mas apesar de seguir as suas dicas que são muito boas, não consigo fazer ou arranjar maneira de poupar ainda mais, td isto para dizer que estou a passar uma fase má na minha vida, o meu marido está desemprego, e recebe 447euros por mês e eu 600euros. Estou numa fase daminha vida em que já não vejo o meu ordenado que serve para pagar todas as despesas (casa, luz, água, entre outras despesas, e neste momento não tenho dinheiro nem sequer para comprar pão, tudo isto, ainda para acrescentar tenho uma filha de 2 anos linda, que neste momento, quem está a supurtar todas a da minha filha são os meus pais, não necessariamente com dinheiro, mas ajudam na comida para a minha filha, entre outras (fraldas...), e para nós vem o azeite, as batatas, a fruta, o bacalhau entre outras coisas.
Td isto para dizer que não sei onde poupar ainda mais. Desculpe, mas tenho necessidade de desabafar, não me leve a mal.
com os melhores cumprimentos
ines

Tostão disse...

Inês, como eu gostava que o que aqui escrevo fosse o necessário para ajudar, mas sei que não é assim. Que há famílias (como a sua) que estão com sérias dificuldades em cumprir e dar o melhor aos seus, que o desemprego está presente em muitas casas e que mesmo tendo o minimo dos minimos os rendimentos não chegam para as despesas, quanto mais para fazer poupança...

Se quiser, mande-me um email para tostoescadecasa@sapo.pt e falamos melhor.

Um bnho e força!

Orquidea disse...

As melhoras para o teu filho e muita força para a família toda.
Beijo grande.

Tostão disse...

Orquidea, obrigada pelo comentário!bjns

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Blog Template by BloggerCandy.com