12/01/2013

Os remediados

 
A Mónica, neste seu post, conseguiu escrever tudo o que eu penso sobre a crise, sobre a hipótese de emigrar, sobre o estado o País, sobre o desemprego...

Por aqui, temos a sorte de (ainda) estarmos os dois empregados...mas também tenho plena consciencia de que o que é hoje, já não é amanhã.

A realidade é dura e o número de amigos e conhecidos que ficaram sem emprego nos últimos meses é, simplesmente, assustadora!

E mesmo para as famílias, em que o desemprego, felizmente, ainda não bateu à porta, começa a ser bastante complicado fazer face aos aumentos dos impostos, do custo dos bens alimentares (é impressão minha ou está tudo bem mais caro no supermercado?), da luz, da água, do gás e por aí fora.
 
Famílias como nós, sem créditos (á excepção do da habitação) ou cartões de crédito, sem viagens, sem extravagâncias ou compras avultadas, em que os rendimentos vão exclusivamente para o pagamento das despesas normais: casa, alimentação, saúde, transportes, escolas/creche...um verdadeiro milagre conseguir cumprir tudo isto, quando só entra um salário em casa.
 
 
À Mónica e, a todos os que se encontram à procura de emprego, só posso desejar que essa procura seja breve!, muito breve. 
 
 
Até lá, empregados ou não, continuaremos a pertencer à classe dos remediados, como muito bem a Mónica referiu...haja saúde!
 

6 comments:

catia martins disse...

Olá!
Gosto muito do teu blog!
estou a seguir-te
jinho

Monica Runa disse...

Obrigada...é só o que tenho a dizer...o facto de teres falado no meu post faz-me sentir "acarinhada" porque aquele foi um desabafo sincero.
Obrigada mesmo e que todos os Remediados consigam sempre superar o que nos colocam no caminho.

Tostão disse...

Cátia, sê bem vinda!

Mónica, não tens de agradecer! o teu post veio na altura certa :) boa sorte!

Marisa Luna disse...

Olá!
Adoro o teu cantinho e deixei-te um mimo no meu: http://simplesmentemarisa.blogspot.pt/

Beijocas

Vania Lacerda disse...

Estava aqui lendo um blog e outro, e acabei caindo no seu... Gostei de ler! Sou do Brasil, e nosso país está numa boa fase: há crescimento econômico e emprego para quem queira trabalhar.
Mas ao ler eu me lembrei de outros tempos, tempos mto difíceis: a inflação era galopante, os preços dos bens de primeira necessidade corriam sempre à frente dos salários, empresas fechavam... Muita gente migrou para outros países, em busca de melhores condições de vida. Não tínhamos esperança.
Mas as coisas foram mudando, a alta de preços foi contida, as ações governamentais fizeram com que pessoas outrora muito pobres passassem a ser consumidores, e isso foi movimentando a economia.
Escrevo tudo isso apenas para que acredites: isso tudo vai passar. Passa como passou para nós. Passa como se fôsse uma chuva forte, um tempo ruim.
Um beijo grande!

Tostão disse...

Marisa, obrigada!

Vania, obrigada pelo comentário positivo!!!

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Blog Template by BloggerCandy.com